5 Dicas para Não Errar ao Começar a Beber VINHO!!!


Vinho é sim uma de minhas paixões.( Grande novidade né?)

Não me preocupo com origem ou valor do rótulo, gosto mesmo é do momento, da companhia, do ritual, como já escrevi dezenas de vezes por aqui.

Mas há certas dicas que funcionam.

Manual de etiqueta do vinho- como servir e degustar adequadamente

O blog Art des Caves explica de maneira simples.

Compartilho aqui com vocês.
Você está começando a beber vinho, uma das bebidas mais antigas do mundo, mas não quer cometer erros de iniciante? Tudo bem. Esse post irá te ajudar!

Bastante consumido atualmente, o vinho tem mesmo conquistado o paladar de muitas pessoas. Existem os apaixonados pela bebida, que chegam até a se especializar no assunto e acabam se tornando enólogos. Há, ainda, os que, de vez em quando, têm por costume degustar um bom vinho, e, para finalizar, também existem os iniciantes.
ESTOU COMEÇANDO A BEBER VINHO. E AGORA?
Veja dicas para não passar vergonha e aproveitar ao máximo a sua nova experiência.

1-Achar que o mais caro é o melhor
Nem sempre a qualidade significa um preço mais alto. O principal erro que os iniciantes em vinho cometem é comprar pelo rótulo, ou, na maioria dos casos, pelo preço. O que geralmente as pessoas não sabem é que o ideal é escolher a bebida pelo paladar.

Em vez de usar em sites especializados filtros que mostram preços por pontuação, procure lembrar das suas experiências anteriores com a bebida e peça ajuda a um especialista.

Essa, sem dúvida, será a melhor forma de começar a entender o universo dos vinhos. E você descobrirá aquilo que realmente é agradável ao seu paladar, sem traumatizar a sua experiência.
5 erros cometidos por quem está começando a beber vinho
2-Servindo a bebida
É comum de muitas pessoas, quando começam a beber vinho, servir uma quantidade generosa na taça, iguais a de um refrigerante ou um suco. Só que, no caso do vinho, o ideal mesmo é apreciá-lo, sem exagerar. Sirva faltando sempre de dois a três dedos na taça. Dessa forma, você não cometerá gafes e também evitará que o seu convidado se suje.

3-Guardar o vinho destampado na geladeira
Quando o vinho é aberto e entra em contato com o oxigênio, ele acaba acelerando seu processo de oxidação. Quando ele está fechado, o processo é mais lento.
Se você abre um vinho hoje, o ideal é que consuma em até três dias. Fora isso, ele pode oxidar e perder suas características originais. No caso de alguns vinhos, isso acontece algumas horas após aberto. Então, se for guardá-lo na geladeira, não se esqueça de mantê-lo bem fechado.
vinho na geladeira 3
4-Analisar o vinho no primeiro gole
Todo mundo se sente um pouco sommelier quando inicia sua vida no universo dos vinhos. E, com toda a certeza, você já avaliou um vinho antes de te servirem, seja em um restaurante ou na casa de um amigo. Mas, você sabe, de fato, para que serve o gole de vinho que o garçom coloca em sua taça antes de servi-lo ao resto da mesa?
Isso acontece porque a intenção dele é de que você se certifique se a bebida está boa, agradável. Essa etapa precisa ser relativamente rápida. É o momento da avaliação do vinho, em um gole não muito demorado. Contudo, deve ser suficiente para saber se ele é adequado.
Após essa avaliação, você poderá degustar a bebida com seus convidados, de forma demorada e agradável, como merece um belo vinho.

5-Degustando o vinho

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, analisar e degustar o vinho são coisas bem diferentes. Se no caso anterior a ideia é avaliar as condições do vinho antes de servi-lo, para degustá-lo, a forma correta é realizada em algumas etapas:
Gire o copo, cuidadosamente, para que você sinta o líquido e ele libere aromas. Em seguida, aprecie com goles suaves. Nunca beba seu vinho rápido demais. O ideal é que, aos poucos, você saboreie a bebida, sem pressa. E jamais pegue a taça pelo bojo! (O correto é não segurá-la pelo bojo, o corpo onde o vinho fica. Sendo assim, a melhor maneira de pegar a taça é pela haste ou pela base. Além de facilitar o brinde com outras pessoas, segurar pela haste evita os efeitos diretos que o contato da mão provoca no corpo da taça.

O calor das mãos altera a temperatura da bebida, e o uso de cremes, perfumes e sabonetes também interferirá na apreciação do aroma dos vinhos. A análise visual da bebida também é dificultada pelas marcas de dedos deixadas no vidro ou cristal da taça.)
Reuna  o seu amor, os amigos, ou mesmo só e brinde a vida!

Beijo da Gu

Comentários