10 Cafeterias que Valem a Viagem.



Pausa na manhã para um papo sobre Café. ou  melhor, CAFETERIAS.


Cafeterias são espaços ideais para encontrar os amigos, ler um bom livro e, claro, apreciar um bom café. Em alguns casos, até mais do que isso. Ao redor do mundo, algumas cafeterias elevaram as vantagens degustativas e de passatempo a um patamar ainda mais alto, tornando-se verdadeiras experiências turísticas. Um bom viajante não pode passear pelas ruas de Paris sem fazer uma parada obrigatória em uma das charmosas cafeterias da Cidade Luz. Deixar de visitar uma boa cafeteria em Nova York ou Buenos Aires também é impensável. Pensando nisso, a Bula de Viagem selecionou cafeterias de todo o mundo que precisam ser inseridas nos roteiros turísticos. A seleção reúne estabelecimentos de diferentes lugares do globo, que têm em comum beleza, comodidade e os melhores cafés.

Truth Coffee, África do Sul
Localizada em Cape Town, na África do sul, A Truth Coffee foi eleita pelo jornal britânico “Daily Telegraph” a cafeteria com o melhor café do mundo duas vezes consecutivas. Ela é especializada no preparo e venda de cafés exclusivos e, por isso, é também considerada uma das cafeterias mais luxuosas do globo. A fama é tamanha que, além de se tornar um ponto turístico da cidade, a cafeteria abriu uma loja online, para a venda de seus produtos.

Stragan Kawiarnia, Polônia
Localizada em Poznań, a Stragan Kawiarnia foi eleita pela TripAdvisor a melhor cafeteria da Polônia. Nela, o consumidor não aprecia apenas o café, mas pode acompanhar todo o processo de preparo da bebida. Para os mais curiosos, é exibida uma coleção de instrumentos para tratamento dos grãos e fabricação do café — que é servido sempre fresco, como faz questão de ressaltar a cafeteria.

Kronotrop, Turquia
Em Kronotrop, localizado em Istambul, o visitante pode ter uma experiência literalmente singular. É possível escolher o tipo de café que se deseja tomar, e até a técnica utilizada para o preparo dele. A matéria-prima também oferece opções, já que o próprio cliente é quem escolhe os grãos que vão ser utilizados no preparo da bebida. Essas características fazem com que ele esteja presentes em praticamente todos os rankings de melhores cafeterias do mundo.

La Biela, Argentina
La Biela é um dos cafés históricos de Buenos Aires. Visitá-lo é como atravessar um túnel do tempo. A cafeteria existe há mais de 150 anos, e ainda preserva a arquitetura e estilo de mobília da época. O seu tamanho impressiona, apenas no salão é possível abrigar 400 pessoas, no terraço há capacidade para outras 300. O ar cosmopolita e elegante é refletido no café, com qualidade reconhecida.

Coffee Academics, Hong Kong
A cafeteria, localizada em Causeway Bay, foi fundada em 2010 como um espaço de treinamento e trocas de ideias para aficionados por café, e desde então se tornou referência no assunto. Ela oferece um verdadeiro parque sensorial para quem aprecia a bebida, com diferentes opções de cafés exclusivos. Em 2016, ela foi eleita pela revista “Southside” como a melhor do ano, e também está presente em rankings da “Forbs Asia”, tripAdvisor e “Vogue”.

La Cafeotheque, França
Além de cafeteria, a La Cafeotheque pode ser considerada um verdadeiro centro de cultura e formação em Paris. Quem a visita pode passear por um salão com informações e curiosidades sobre o café em todo o mundo, e ela também oferece cursos de formação de sommelier de café e outros cursos de imersão — dedicados a quem quer aprender mais sobre a bebida, seu consumo, história e outras particularidades.

Johan & Nystrom, Suécia
Localizada em Estocolmo, a Johan & Nystrom é especializadas em cafés especiais produzidos com matéria-prima local, de pequenos agricultores. Além do compromisso com a qualidade das bebidas que serve, a cafeteria se orgulha de uma prática sustentável. Ela compra e utiliza apenas grãos que foram produzidos com menores perdas ao meio-ambiente, sem utilização de pesticidas ou outros produtos químicos.

Cielito Querido Café, Mexico
O México também guarda os seus tesouros quando o assunto é café. A Cielito Querido Café enche os olhos e o paladar. A sua arquitetura brinca com as cores e os simbolismos do fim do século 19 e início do século 20. Os cafés são tradicionais, produzidos com matérias-primas de antigas lojas locais. O nome é inspirado na canção “Cielito Lindo”, escrita em 1882 pelo compositor mexicano Quirino Mendoza e Cortez.

Bonanza Coffee, Alemanha
A Bonanza Coffee em Berlim é conhecida por servir um dos melhores cafés do mundo. A cafeteria adquire a matéria-prima de agricultores locais e é responsável pela torra, com a utilização de técnicas tradicionais. Uma de suas fortes características é a política do preço justo, por isso, no estabelecimento é possível degustar cafés de altíssima qualidade, mas que pesam menos no bolso.

Barista Parlor, Estados Unidos
Moderna e antenada, a Baristas Parlor foi criada em 2011, em Nashville, com o modesto objetivo de “melhoramento do café para toda a humanidade”. Além de cafeteria, ela se converteu em um ponto de arte, com apresentações e exposições de artistas locais. Embora seja especializada na venda de café, também vende cervejas. O ponto de encontro ideal para pessoas que gostam de lugares calmos, mas não monótonos.

Mas se não puder conhecer (#tamojunto) vale o passeio na cafeteria do seu bairro. Afinal o que conta mesmo é o café bem preparado né?

Beijo cafeinado da Gu

www.buladeviagem.com /

Comentários