Vinho. Coloque a quantidade CERTA na TAÇA.


Despeje a quantidade certa!


Para você que serve o vinho, não existe isso de perguntar “tá bom?" e "quer mais?” para a pessoa que você serve. (Não é muito elegante!) Pior ainda é servir o vinho para alguém que te estendeu a taça e encher até a pessoa bater a boca da taça na garrafa, mostrando que não quer mais.


Esse é o principal motivo que eu quando saio só, não pedir uma taça de vinho da casa.SEMPRE vem aquela taça quase transbordando o "santo líquido".



A quantidade de vinho é predeterminada: em média, três dedos de vinho. É pouco, sim, e não passa do meio da taça. Por quê? Para os tintos, os brancos e os rosés, o motivo é deixar espaço para a pessoa aerar o vinho (dar aquelas giradinhas na taça para oxigenar, fazendo os aromas se desprenderem). Não dá para fazer isso com a taça cheia.


Já para os espumantes (que não devem ser aerados), a pouca quantidade serve para o vinho não esquentar no copo, pois espumantes devem ser tomados em temperaturas mais baixas (a garrafa permanece na mesa dentro de um balde com gelo e água, e a taça tem vinho suficiente para a pessoa beber antes de esquentar, podendo pegar mais vinho geladinho a hora que quiser).


Pequenos detalhes que fazem toda diferença!
Salute 🍷
Beijo da Gu


Comentários