Eleições 2020 - Aplicativo Pardal


Com certeza essa será a única vez que postarei algo sobre as eleições 2020.
Desde ontem - 27/09/2020- as campanhas eleitorais tiveram seu inicio.
Claro que ante a Pandemia ,o formato das campanhas será diferente.
A Internet será bombardeada com fatos reais, fakes, discursos de ódio, controvérsias e achismos.
Para manter a sanidade mental e social, ao ler/ver/ouvir/receber qualquer informação escrita, falada, fotografada, cantada, filmada e que está fora do que é correto e permitido, faça uso do Aplicativo Pardal.

O aplicativo Pardal, desenvolvido pela Justiça Eleitoral para uso gratuito em smartphones e tablets, a cada eleição está disponível para download nas lojas virtuais Apple Store e Google Play. Somente no pleito de 2018, a ferramenta recebeu mais de 47 mil denúncias. Acesse também a versão para desktop no link: https://pardal.tse.jus.br/pardal-web/pages/noticia-denuncia/manter.faces?uf=se

A ferramenta possibilita aos eleitores denunciarem infrações durante as campanhas eleitorais, atuando como fiscais da eleição e importantes atores no combate a irregularidades eleitorais. Nas eleições 2020, baixe o aplicativo e seja um fiscal do pleito.

O Pardal
Desenvolvida em 2012 pelo Tribunal Regional Eleitoral do Espírito Santo (TRE-ES), no pleito de 2014, a ferramenta também foi utilizada de forma experimental por alguns estados. Desde as Eleições Municipais de 2016, o aplicativo passou a ser adotado pela Justiça Eleitoral em todo o país. Já em 2018, o sistema de triagem das denúncias foi aprimorado, a fim de facilitar o trabalho de apuração por parte dos TREs e do MPE.

O objetivo do Pardal é incentivar os cidadãos a atuar como fiscais da eleição no combate à corrupção eleitoral. Além do aplicativo móvel, a ferramenta tem uma interface web, que é disponibilizada nos sites dos TREs para envio e acompanhamento das notícias de irregularidades.

O Pardal pode ser utilizado para noticiar diversos tipos de infrações eleitorais, como as relativas à propaganda eleitoral, à compra de votos, ao uso da máquina pública, a crimes eleitorais e a doações e gastos eleitorais.

Faça o download do Pardal nas lojas virtuais Apple Store e Google Play.
“O objetivo principal do aplicativo é facilitar o trabalho de apuração por parte dos Tribunais e do Ministério Público Eleitoral, que passam a contar com os cidadãos para atuar como fiscais da eleição e no combate à corrupção eleitoral”, explicou o presidente do TRE-AL, desembargador Pedro Augusto Mendonça de Araújo.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informou que a ferramenta foi aprimorada e tem novidades que facilitam o uso. O aplicativo Pardal vai receber apenas denúncias relacionadas aos ilícitos cometidos na propaganda eleitoral.

Na nova versão o denunciante deverá enviar foto e um relatório mostrando qual a irregularidade a ser apurada. Quando as denúncias forem relacionadas a outro tema que não seja a propaganda, o aplicativo vai oferecer o contato da Ouvidoria do Ministério Público Eleitoral.

Exercite a cidadania.
Não discuta, argumente!
Mostre provas!
Simples assim.

Beijo da Gu

Arquivo Pessoal / Internet

Comentários